2Cellos

Olá jovens frequentadores do site, hoje venho lhes apresentar uma coisa incrivelmente foda que eu descobri.

É o canal do youtube desses dois caras incrivelmente talentosos em violão celo. Nesse vídeo que eu separei pra vocês eles tocam a música do AC(raiozinho)DC, Thunderstruck. O vídeo começa com eles tocando uma música clássica qualquer ai e vão tocando cada vez mais rápido e começam a tocar Thunderstruck somente com os seus violões. É claro que essa cena me lembrou do Back to the Future, mas enfim, aproveitem o vídeo e conheçam o incrível trabalho desses caras.

O Homem que Não Sabia Cozinhar

Você ai, é você mesmo que eu to falando. Chega junto que vou te contar a história desse mano aqui que nunca aprendeu a cozinhar. Você deve estar pensando com seus botões que ele não sabia fazer algum tipo de prato gourmet, não jovem, esse cara aqui não sabia nem fazer gelo.

Pra efeito de preservar a identidade dele, vamos dizer que ele se chama Matheus.

Matheus nasceu em uma família bem abastada do tipo que ter dois banheiros pra cada morador da casa é pouco, então o muleque acabou ficando bem mimado. Tudo que ele queria era providenciado para ele, ou pelos pais ou pelos empregados. Então sempre que ele queira comer alguma coisa, era trazida por seu mordomo Alfred (pouca criatividade por parte do Matheus). Como ele sequer chegava perto da cozinha ele nunca soube fazer miojo.

Matheus já na flor da idade finalmente se confronta com o momento de conhecer o mundo, ele então resolve sair da casa dos pais e ir viver sozinho (fiquei surpreso que isso acontece em famílias ricas, achava que era só com os pobre fudido). Não demorou muito pra um moçoelo gato como o Matheus deixar de morar sozinho, é claro que eu digo que Matheus era gato devido ao fato de que não existe gente feia, existe gente pobre.

No aniversário de três meses de namoro de Matheus com sua namorada ele resolve usar os seus, nem um pouco desenvolvidos, dotes culinários para fazer uma surpresa para ela, ao invés de ir comer em um restaurante, o que era feito todo dia. Olhando para sua cozinha percebe que só usou os pratos para comer pizza e no máximo usou o microondas para fazer uma pipoca. Matheus então resolve ir ao super mercado e comprar alguns utensílios domésticos necessários para fazer a comida, como ele resolveu fazer um frango cozido comprou o frango congelado e se dirigindo para sua “humilde” residência fazer os preparos. Coloca o frango na panela direto mesmo e vai ajeitar a mesa, tarefa igualmente nova para ele.

Quando sua amada chega ao local ela é muito bem recebida pelo galante Matheus e logo se engajam em uma conversa romântica a luz de velas enquanto esperam o frango ficar pronto. Quando de repente a panela explode como um foguete subindo ao teto e reduzindo seu enorme fogão a um amontoado de metal no chão. Matheus então olha para ela e diz: “O rato come queijo. O gato bebe leite. E eu, como em restaurantes… Vamos ?”

Fotografias

Eu gosto de fotografia, é tipo um hobby, a unica coisa é que não sou muito bom nela. Mas mesmo assim acabei tirando essas fotos recentemente e juntei elas aqui pra vocês.

Desenhando Passo a Passo

Eae pessoal, tudo bem? Faz um tempinho que não posto nada, mas hoje decidi postar um passo a passo de um dos últimos desenho que fiz, comparado com desenhistas profissionais eu não desenho nada, mas espero que vocês possam aprender algo com esse post.

Passo 1: Primeiro esboço

Esse é o primeiro passo e um dos mais importantes, nessa parte você deve marcar o desenho para ter certeza que o tamanho em que esta desenhando caiba na folha, marque só as partes principais com formas geométricas.

passo 1

Passo 2: Segundo esboço

Depois de marcar o desenho na folha e ter certeza do tamanho, você pode começar a definir mais, mas não em detalhes ainda, apenas marque onde fica cada parte do seu desenho. Neste caso, marquei o olho, cabelo, um pouco da roupa e boca. Marque tudo que achar importante, mas faça com traços bem leves, pois é nesse estágio que você pode mudar todo o desenho, colocando roupas e cabelos diferentes por exemplo.

 

20140412_124542

Passo 3: Definição a lapis

Depois de marcar tudo em seu desenho esta na hora de definir, com traços um pouco mais fortes defina tudo em seu desenho, tudo o que você achar que deve ficar no desenho final, até agora todos os passos eu gosto de fazer com lápis azul ou vermelho (preferencia minha).

 

20140412_125308

Passo 4: Caneta

Você deve ter reparado que todos os outros passos foram feitos em azul, bom isso é para simplificar esse último passo. Depois que você definiu todo o seu desenho esta na hora de passar a caneta, essa parte deve ser feita com muita calma, você não pode ter pressa, pois se tentar fazer muito rápido você pode errar, e não tem como apagar à caneta. Não se esqueça de fazer todos os detalhes.
Ps: Este desenho eu fiz só para treino, se você for fazer para alguma exposição, o certo é pegar uma folha nova e passar o desenho a limpo em uma mesa de luz.

20140412_132808

Depois desse passo o ultimo seria colorir, mas esse fica para algum outro post.
Espero que tenham aprendido algo com esse pequeno post. XD

Um Conto vermelho e Branco parte 5

Leia a parte anterior aqui.

Não foi fácil cumprir a tarefa que a rainha havia lhe incumbido. Evangeline estava sempre cercada de pessoas, se não, em casa com seu marido. Parecia que só lhe restavam duas opções: Ou ele voltava para Queen’s Soul de mãos abanando e enfrentava a fúria da rainha, ou tomava medidas desesperadas.

No final não foi preciso fazer nenhuma das duas coisas. Em uma manhã, Evangeline foi à floresta buscar lenha, seu marido estava consertando a roda de uma carroça para um fazendeiro qualquer. Essa era a hora perfeita. Ela estava vestida com um vestido simples cor de palha, e por cima, usava um chalé de lã marrom.

Ele se aproximou sorrateiramente,  e se escondeu atrás de um árvore, pegou seu punhal, e rasgou um pedaço da camisa. Nesse momento Evangeline passava convenientemente perto dele, com um movimento rápido, ele colocou o pedaço de pano na boca dela para impedir os gritos. Claro que isso não a impediu de se contorcer a se debater incontrolavelmente, até levar um murro que a fez desmaiar.

O servo da rainha não perdeu tempo em coloca-la em seu cavalo e sair o mais rápido dali. No decorrer do trajeto, ele parava para lhe dar água, mas pouca comida. Ela deveria estar fraca para que não conseguisse fugir.  Ela também nunca perguntou para onde estava sendo levada, ela sabia.

Pouco antes de adentrarem os portões da cidade, o servo da rainha sujou e rasgou parte das roupas de Evangeline, tirou a mordaça. Era noite e quase ninguém estava nas ruas, e os  poucos estavam bêbados demais para reconhece-la. Ele então a levou ao castelo, onde a rainha já os aguardava.

- Muito bem caçador! Trousse sua presa, mas vejo que ela está fraca, alimentou-a?

- O suficiente para que vivesse e não fugisse majestade.

- Ótimo. Leve-a até sala de jantar e mande que façam alguma coisa para ela comer.

Depois de ter comido, Evangeline foi levada ao seu antigo quarto, onde esperou pela irmã. Foi uma espera longa e melancólica, sem ter nada o que fazer, ficou sentada em frente a um espelho que tinha em sua penteadeira. Seu rosto estava mais pálido do que o normal, devido a falta de comida que sofrera na viagem, porem continuava igualmente bela. Evangeline se recordou que quando eram pequenas ela e a irmã dividiam esse mesmo quarto. E essa mesma penteadeira. Mai isso fora a tanto tempo…

A porta se abriu, e a rainha entrou no quarto, fechou a porta e se sentou na cama atrás da irmã.

- Por que fugiu?

- você sabe muito bem porque.

- Sim… Mais quero que você diga.

- Porque você é invejosa, louca e queria me matar.

Isso pareceu irritar a rainha mais ela não demonstrou. Na verdade fingiu não ouvir.

- Notei que você estava se olhando no espelho. Estava admirando sua beleza? O que você viu irmã? Pois só o que eu vejo é uma garotinha inútil! Uma traidora e mentirosa. Apesar é claro de todos os outros verem sua enorme beleza, eu a vejo como realmente é.

Silêncio.

- Soube que você se casou com um ferreiro qualquer. É verdade?

Pela primeira vez Evangeline teve medo.

- Você não tem nada a ver com isso! Já é a rainha, o que mais vai querer?

- A sua morte, e a do seu marido… Ah, e é claro do seu filho que está carregando no ventre.

- Como vo…

-Sei? Ora irmã olhe só pra você! Sua barriga já começa a tomar forma.

- Não! Eu lhe imploro não machuque meu bebê. Espere ele nascer e o dê para uma mulher cuidar. Depois pode fazer o que quiser comigo.

Nadia pretendia se divertir com isso. Afinal depois que o bebê nascesse ela o mataria mesmo assim. Então disse:

- Pois bem. Você será minha prisioneira até a criança nascer, depois disso eu darei a criança para uma mulher da aldeia onde mora. Então você morre! Se recusar mato você agora com a criança junto.

- NÃO. Não… Tudo bem, mas e quanto ao meu marido?

- Ele vai morrer também.  Mandei que um grupo dos melhores soldados fosse hoje mesmo até a aldeia.

- NÃO! Ele não! Ele não fez nada. Deixe ele em paz!

- Você já foi chamada de bela por muito tempo. E isso fez com que eu perdesse meu noivo. Agora vou retribuir o favor.

E com um movimento rápido, Nadia puxou um punhal que estava escondido na manga de seu vestido e cortou o rosto de Evangeline, um corte que começava perto da orelha direita, e ia até a esquerda, passando por cima do nariz. A irmã mutilada caiu no chão com as mãos cobrindo o rosto. Suas lagrimas escorriam e machucavam. Evangeline sentiu mãos virando-a e sua irmã Nadia chegou com o rosto perto do seu e sussurrou.

- Espelho, espelho meu , quem agora é mais bela do que eu?

Leia a próxima parte [Em breve]

Vida em um Dia

Tem esse documentário aqui chamado Life In a Day (Vida em um dia) que foi inteiro feito só com filmagens de pessoas de todo o planeta mostrando um único dia. E tem um simples premissa: Como é estar vivo no dia 24 de Julho de 2010.

Ele tem uma hora e meia e foi produzido em uma parceira com o YouTube e a LG tecnology. E como foi feito pelo YouTube está de graça no site.

Eu acabei de assisti-lo e achei belo. Mas não porque ele foi bem feito, bem produzido, bem roteirizado. Mas sim porque pessoas fizeram ele, e ele mostra o mundo onde eu e você vivemos, onde cada um de nós vivemos todos os dias fazendo coisas incríveis e coisas simples todos os dias. Cada um com sua opinião, suas crenças, suas histórias, seus medos e suas duvidas. Mas todos ainda aqui, vivendo nesse maravilhoso planeta, todos sendo seres humanos abençoados com essa maravilhosa dadiva chamada “vida”